Última hora

Última hora

Economia dos Estados Unidos desacelera

Em leitura:

Economia dos Estados Unidos desacelera

Tamanho do texto Aa Aa

A economia norte-americana desacelerou em 2011. O PIB cresceu 1,7% em termos anuais, muito abaixo da taxa do ano anterior. Segundo o Departamento norte-americano do Comércio, o PIB cresceu, no quarto trimestre, 2,8 por cento. O nível mais rápido desde meados de 2010 mas fica abaixo das previsões dos economistas.

Após os dados negativos de 2008 e 2009, a economia norte-americana inverteu a tendência em 2010. Cresceu então três por cento. A retoma abrandou no ano passado para 1,7 por cento, face ao impacto da crise da dívida da zona euro.

A economia está a ser impulsionada pela subida do consumo, enquanto os investimento das empresas esses estão a sofrer um forte abrandamento. Em ano eleitoral, o presidente Barack Obama tem de fazer face à ameaça de desaceleração económica no trimestre em curso e à taxa de desemprego de 8,5 por cento.

Cerca de 24 milhões de americanos estão no desemprego ou em subempregos, ameaçando as perspetivas económicas futuras, o que preocupa a Reserva Federal norte-americana.

A equipa de Ben Bernanke surpreendeu esta semana ao anunciar que vai manter as taxas de juro inalteradas até final de 2014. O objetivo é manter a retoma económica e ressuscitar o setor imobiliário que continua deprimido, apesar dos investimentos terem subido mais de dez por cento, no final do ano passado.