Última hora

Última hora

EUA: Romney e Gingrich trocam acusações

Em leitura:

EUA: Romney e Gingrich trocam acusações

Tamanho do texto Aa Aa

Com as primárias da Florida marcadas para 31 de janeiro, no último debate antes da quarta etapa da corrida republicana para escolher o adversário de Barack Obama nas presidenciais de novembro, Mitt Romney classificou como repulsiva a imagem que é dada de si num anúncio da campanha de Newt Gingrich.

“Eu não sou anti-imigrante. O meu pai nasceu no México. O pai da milha mulher nasceu no País de Gales. Ambos vieram para este país. A ideia de que eu sou anti-imigrante é repulsiva. Não utilize esse termo. Poderá dizer que não estamos de acordo com determinadas políticas, mas dizer que endurecer a lei dos Estados Unidos para proteger as nossas fronteiras, para que os imigrantes legais sejam bem-vindos, para incrementar a imigração legal, como eu defendo, é ser anti-imigrante, isso é simplesmente o tipo de retórica exagerada que caracteriza a política americana há demasiado tempo”, contra-atacou Romney.

Na resposta, Gingrich acusou Romney de lançar um anúncio distorcendo afirmações suas sobre a importância do ensino do inglês no Estado da Florida ao atribuir-lhe a declaração de que o espanhol era uma língua de gueto.

Romney chegou ao debate da Florida com cinco pontos de vantagem sobre Gingrich na média de cinco sondagens.