Última hora

Última hora

Síria: um passo atrás no plano de paz da Liga Árabe

Em leitura:

Síria: um passo atrás no plano de paz da Liga Árabe

Tamanho do texto Aa Aa

A Liga Árabe confirmou esta tarde que suspendeu temporariamente a missão de observadores na Síria.

A decisão foi justificada pelo aumento da violência no país onde a repressão do regime teria provocado quase duzentos mortos desde o início da semana.

Num comunicado, a Liga Árabe afirma ainda que o clima de violência na Síria não é propício ao início das negociações entre governo e oposição.

A missão de observadores da Liga Árabe fazia parte de um vasto plano de paz aceite por Damasco, em dezembro, que previa ainda um cessar-fogo e a livre-circulação dos jornalistas no território.

Uma iniciativa apoiada pela União Europeia e a comunidade internacional que parece longe dos seus objetivos.

O Conselho Nacional Sírio, que agrupa a oposição a Bashar Al-Assad anunciou que vai intervir amanhã junto do Conselho de Segurança da ONU para que proteja a população civil.

Em paralelo, a diplomacia turca aumenta a pressão sobre os países árabes para apoiarem um apelo conjunto à demissão do presidente Sírio.