Última hora

Última hora

Birmânia: Suu Kyi em campanha eleitoral

Em leitura:

Birmânia: Suu Kyi em campanha eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

Na Birmânia, Aung San Suu Kyi, a líder da oposição, está a realizar o seu primeiro périplo pelo país em campanha para as eleições legislativas parciais do dia 1 de abril.

Graças a uma série de reformas governamentais sem precedentes na reprimida nação do sudeste asiático, a Nobel da Paz parou na cidade de Dawei e pode falar aos seus apoiantes.

“Para termos um país como queremos, e para que haja uma boa governação, aboliremos aquilo que não é necessário.

Assim poderemos viver pacificamente e trabalhar para o nosso desenvolvimento.

Não prometo dar-vos alguma coisa, mas sim que vou resgatar os direitos que são do povo. É isso que vamos tentar fazer”, disse Suu Kyi.

Aung San Suu Kyi passou 15 anos da sua vida sob prisão domiciliária.

Visando romper o isolamento da Birmânia no panorama internacional, o presidente Thein Sein, entre outras reformas, alterou a lei dos partidos, iniciou um diálogo com a líder da oposição, libertou presos políticos e autorizou a formação de sindicatos.