Última hora

Última hora

Senegal: oposição organiza resistência contra o presidente

Em leitura:

Senegal: oposição organiza resistência contra o presidente

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição senegalesa lançou, este sábado, a resistência contra o presidente, Abdoulayé Wade, depois de a sua recandidatura à presidência ter sido aceite pelo conselho constitucional.

Um porta-voz da oposição apelou a toda a população para “se organizar e se mobilizar para enfrentar Wade”. “O combate está apenas a começar”, concluiu.

Ente os opositores ao presidente de 85 anos está o cantor Youssou N’dour, cuja candidatura à presidência não foi aceite, alegadamente por falta de assinaturas.

A revolta começou quando foi anunciada na sexta-feira, pelo conselho constitucional, a aceitação da candidatura do presidente e rejeição da candidatura do cantor Youssou N’dour. Em diversos bairros de Dakar, mas também noutras cidades do país, houve confrontos entre civis e as forças da ordem. Um polícia acabou por morrer.

Abdoulayé Wade lançou, por seu turno, um apelo ao “fim da violência, das ameaças e ao regresso à traquilidade dos cidadãos de um grande país que é o Senegal”.

Os diversos movimentos de oposição não explicaram como vão organizar a resistência, mas garantem que não vão aceitar a recandidatura do presidente.