Skip to main content

|

A companhia áerea húngara Malev à beira da bancarrota. A empresa, detida a 95% pelo governo, afirmou que não dispõe de capacidade financeira para prosseguir as suas atividades. A companhia, que acumula perdas nos últimos anos tem sobrevivido graças às ajudas do Estado, consideradas ilegais por Bruxelas. A comissão exige que a Malev reembolse 200 milhões de euros de subvenções.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|

Login
Por favor, introduza os seus dados de login