Última hora

Última hora

Alta velocidade entre Lyon e Turim mais perto da realidade

Em leitura:

Alta velocidade entre Lyon e Turim mais perto da realidade

Tamanho do texto Aa Aa

Foi formalmente assinado o acordo para a finalização do projeto de alta velocidade que vai permitir ligar Lyon a Turim em, apenas, duas horas.

Os custos da primeira fase estão orçados em 8,5 mil milhões de euros. A Itália vai assumir cerca de 58 por cento dos encargos, a França 42 por cento, ao qual se junta uma participação da União Europeia.

O vice-ministro das Infraestruturas e dos Transportes italiano fala de “uma alternativa credível à autoestrada” e diz que as vozes críticas revelam uma “visão limitada sobre o crescimento e o desenvolvimento.”

O projeto é fortemente contestado pelos habitantes do Vale de Susa, em Itália. A população considera que se trata de um projeto inútil e dispendioso que representa uma ameaça ao meio ambiente.

A linha de alta velocidade originou várias manifestações e confrontos entre os habitantes e a polícia.

Na semana passada, quatro dezenas de pessoas foram interpeladas na sequência dos violentos protestos de julho.

Os trabalhos arrancaram no verão do ano passado.

Se os prazos forem cumpridos, a linha ferroviária de alta velocidade – com cerca de 300 quilómetros – deve estar concluída em 2023.