Última hora

Última hora

Reino Unido e República Checa fora do acordo de disciplina orçamental da UE

Em leitura:

Reino Unido e República Checa fora do acordo de disciplina orçamental da UE

Tamanho do texto Aa Aa

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia reuniram-se, segunda-feira, em Bruxelas num Conselho Europeu informal.

A cimeira ficou marcada pelo acordo em torno do tratado intergovernamental de reforço da disciplina das finanças públicas dos Estados-membros, assinado por 25 dos 27 países da União. Reino Unido e República Checa ficaram de fora.

Para Angela Merkel este foi um “passo importante” para a estabilização da Europa.

O primeiro-ministro britânico prometeu vigiar o modo como os 25 países membros, que aceitaram o acordo, vão usar as instituições da União Europeia, para evitar interferências no mercado único.

Quanto à República Checa, o primeiro-ministro, Petr Necas, disse estar impossibilitado de assinar a ratificação do acordo sem que houvesse um consenso no país.

Necas mostrou-se ainda crítico em relação à transferência de competências para Bruxelas.

Os países da Zona Euro garantiram continuar a apoiar os países sob resgate, até regressarem aos mercados, desde que apliquem com êxito os programas. O Conselho Europeu saudou os progressos de Portugal e Irlanda, na aplicação dos respetivos programas.