Última hora

Última hora

73 mortos em confrontos em estádio egípcio

Em leitura:

73 mortos em confrontos em estádio egípcio

Tamanho do texto Aa Aa

Um jogo de futebol em Port Said, no nordeste do Egito, degenerou numa mortífera batalha campal.

Os confrontos seguiram-se a uma invasão do estádio no final de uma partida entre o Al Ahli do Cairo e a equipa local Al Marsi.

Segundo fontes hospitalares, há pelo menos setenta e três mortos e mil feridos a registar.

A invasão terá sido iniciada pelos apoiantes do Al Ahli, uma das melhores equipas do Egito, que sofreu esta quarta-feira uma dura derrota, por três a um, a primeira da época no décimo sétimo jogo do campeonato.

Os apoiantes do rival Al Masri lançaram pedras e garrafas em resposta à invasão, seguindo-se os mortíferos confrontos.

O Exército egípcio enviou helicópteros para transferir os apoiantes do Al Ahli para fora de Port Said.

A notícia espalhou-se ao estádio internacional do Cairo, onde decorria outro encontro que opunha as equipas de Zamalek e de Ismaili. Os árbitros acabaram por decidir cancelar a partida, provocando a ira entre os apoiantes, que terão ateado fogo ao estádio. O incêndio acabou por ser controlado e o estádio evacuado.

Na sequência destes incidentes violentos, as autoridades decidiram suspender todos os jogos de futebol da liga egípcia por tempo indefinido.