Última hora

Última hora

Comentário sobre "judeus" motiva perda de condecoração presidencial

Em leitura:

Comentário sobre "judeus" motiva perda de condecoração presidencial

Tamanho do texto Aa Aa

O líder da extrema-direita austríaca, Heinz-Christian Strache, presidente do Partido da Liberdade, não vai receber uma prestigiada ordem de mérito depois de ter proferido comentários menos próprios sobre judeus.

O presidente Heinz-Fischer recusou entregar a condecoração geralmente atribuída a líderes partidários, o que reforçou a controvérsia.

Strache foi citado num jornal nacional a comparar os seus apoiantes aos novos judeus. Uma afirmação proferida alegadamente durante um baile em que também participou a candidata presidencial francesa de direita, Marine Le Pen. É que nas ruas milhares de manifestantes de esquerda protestavam contra o baile, que se realizou no dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.