Última hora

Última hora

Frio polar continua a fazer vítimas em direção à Europa Ocidental

Em leitura:

Frio polar continua a fazer vítimas em direção à Europa Ocidental

Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de frio vinda do Leste alastra-se à Europa Ocidental e continua a fazer vítimas mortais.

A Turquia registou abundantes quedas de neve acompanhadas de temperaturas polares. A cidade de Istambul elevou o nível de alerta para vermelho, enquanto a intempérie afeta todo o tipo de transportes.

O frio, com temperaturas registadas abaixo dos 10 graus negativos, instalou-se também no território francês e em Itália, onde a queda de neve se alastrou mesmo ao sul do país.

O frio glacial fez na última semana mais de 80 mortos na Europa de Leste e Central, vítimas diretas ou indiretas das temperaturas negativas.

A Eslováquia, a Roménia, a Rússia, a Sérvia e a República Checa registaram temperaturas abaixo dos vinte graus negativos. Na Ucrânia, na Bulgária e na Polónia, os termómetros chegaram aos -30.

E a vaga de frio continua agora a alastrar-se para o Sul e para o Oeste, para latitudes muito menos habituadas a temperaturas polares do que nomeadamente a Federação Russa, onde os termómetros passam uma grande parte do Inverno no negativo.

Apesar de habituada ao frio, a Ucrânia foi o país onde se registou até ao momento a maior parte das vítimas mortais, 43 nos últimos seis dias e 13 só nas últimas 24 horas, segundo as autoridades. Mais de 720 pessoas foram hospitalizadas.

Na vizinha Polónia, 20 pessoas perderam a vida desde sexta-feira, tratando-se na maior parte dos casos de “sem-abrigo”.