Última hora

Última hora

Quatro islâmitas radicais no banco dos réus em Londres

Em leitura:

Quatro islâmitas radicais no banco dos réus em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro islamitas radicais assumiram-se, esta quarta-feira, como culpados de conspiração para colocação de uma bomba na Bolsa de Londres, no Natal de 2010.

Segundo a investigação, o projeto incluía também acolocação de explosivos na embaixada dos Estados Unidos e na casa do presidente da Câmara de Londres.

Os quatro homens, todos de nacionalidade britânica e originários do Bangladesh e do Paquistão, foram detidos após movimentos suspeitos em redor da Grande Roda e do Big Ben, locais muito frequentados na capital birtânica.

Dizem-se inspirados pela al qaida e pelas prédicas doclérigo muçulmano radical, Anwar al-Awlaki, entretanto falecido.

A sentença é esperada na próxima semana. Se forem considerados culpados, arriscam até 20 anos de prisão, cada um.