Última hora

Última hora

Xstrata e Glencore negociam fusão

Em leitura:

Xstrata e Glencore negociam fusão

Tamanho do texto Aa Aa

Um longo namoro que avança para casamento, neste caso uma fusão que vai reconfigurar o setor mineiro mundial. A Xstrata, o maior fabricante mundial de carvão e cobre do mundo, está em discussões com a Glencore. A maior corretora de matérias-primas do mundo tenta há cinco anos fundir-se com a Xstrata, com que já esteve unida há uma década e da qual é o maior acionista.

Os gigantes do setor mineiro são até agora a Rio Tinto, com 68 mil milhões de euros de capitalização bolsista, vem depois a BHP Billiton e a AngloAmerican. No quarto e quinto lugar surgem a Xstrata e a Glencore, mas unidas, as duas empresas suíças, vão tornar-se no número dois do setor, com um valor bolsista de 60 mil milhões de euros, após desconto dos 34% do capital já detido pela Glencore na Xstrata.

A combinação das duas empresas permite controlar 32% do mercado internacional do carvão, será o maior produtor mundial de zinco e o terceiro maior produtor de cobre.

Ainda não há um acordo assinado e a Glencore tem até 1 de março para confirmar a oferta, mas o anúncio da existência das negociações fez disparar os dois títulos.