Última hora

Última hora

Egito: "cartão vermelho" ao regime militar origina novos confrontos

Em leitura:

Egito: "cartão vermelho" ao regime militar origina novos confrontos

Tamanho do texto Aa Aa

Os distúrbios violentos num estádio de Port-Saïd continuam a representar um novo cartão vermelho para o regime militar egípcio.

Novos confrontos entre manifestantes e polícia provocaram, esta noite, pelo menos seis mortos nas cidades do Cairo e de Suez.

Na capital, os confrontos prosseguem junto aos edifícios dos ministérios do Interior e da Justiça, onde, pela segundo dia consecutivo, a polícia voltou a utilisar gás lacrimogéneo e balas reais para dispersar os protestos.

“A única solução para parar estes protestos é que o conselho militar se demita e entregue a autoridade aos civis e que aqueles que cometeram crimes contra a revolução sejam imediatamente julgados”, afirma uma manifestante.

Os revoltosos acusam o regime militar de ter optado por não intervir durante os distúrbios no estádio de Port-Saïd, na quarta-feira, de forma a fomentar o caos no país.

As cenas de violência durante um jogo de futebol provocaram 74 mortos e cerca de mil feridos.