Última hora

Última hora

Frio na Europa

Em leitura:

Frio na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A chegada da vaga de frio a Itália continua a causar problemas em todo o território.

Roma, que ficou parcialmente paralisada devido a um intenso nevão, continua coberta de neve que nalguns locais alcançou entre 10 e 15 centímetros de espessura. Uma imagem que não se via há mais de 27 anos.

“Pela primeira vez na sua história, Roma tornou-se uma cidade pedonal, livre dos transportes públicos e de automóveis”, gracejou um habitante.

No Reino Unido são esperados hoje fortes nevões em grande parte do país.

As zonas mais atingidas serão a Escócia, Gales e o norte de Inglaterra. No centro do país as temperaturas desceram aos 10 graus negativos.

O serviço meteorológico prevê que o mau tempo continue na próxima semana.

Na Ucrânia, o país da Europa de Leste mais atingido pelo frio, pelo menos 120 pessoas morreram desde 27 de janeiro, das quais 78 foram encontradas nas ruas.

Na Bósnia foram registados níveis recorde de neve.

Sarajevo ficou paralisada com um manto branco que chegou a atingir um metro de altura.


View The big freeze in a larger map