Última hora

Última hora

Frio já matou mais de 360 pessoas na Europa

Em leitura:

Frio já matou mais de 360 pessoas na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de frio que está a assolar a Europa já fez mais de 360 mortos. É no Leste do continente que a neve e as baixas temperaturas têm cobrado mais vidas.

Na Ucrânia registam-se já 135 mortes. Cerca de 85 mil pessoas foram acolhidas em 3.300 centros de socorro. Segundo as autoridades, o frio e o abuso do alcool estão na origem da maioria dos falecimentos.

Na Polónia, nas últimas 24 horas morreram mais nove pessoas, elevando para 62 o número de vítimas mortais na última semana.

Na Lituânia, o frio matou já 23 pessoas e na República Checa 18.

Os balcãs também não escapam às tempestades de neve e a temperaturas que rondam os 17 graus negativos. O governo da Sérvia decretou no domingo o estado de situação de emergência. Cerca de 70 mil sérvios estão isolados e cinco mil quilómetros de estradas estão impraticáveis.

A Europa Ocidental também está a sofrer os efeitos do frio. Na Suíça, o termómetro desceu abaixo dos 35 graus negativos, em Itália já morreram 17 pessoas.

E, enquanto os vizinhos estão bloqueados com a neve, a Bulgária está paralisada pelas inundações.

O degelo está a fazer subir o nível dos cursos de água e as correntes destroiem tudo pelo caminho. Cinco pessoas morreram esta segunda-feira.


View The big freeze in a larger map