Última hora

Última hora

Obama aposta na diplomacia para resolver crise com Irão

Em leitura:

Obama aposta na diplomacia para resolver crise com Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Teerão reforçou as manobras militares junto ao Estreito de Ormuz.

O regime iraniano diz que os exercícios têm um caráter defensivo face às ameaças externas.

Teerão teme um ataque por parte de Israel e dos Estados Unidos devido ao programa nuclear iraniano.

O presidente norte-americano admite que todas as hipóteses estão em cima da mesa:

“Qualquer tipo de atividade militar adicional no Golfo vai ter consequências. Pode ser ao nível dos preços do petróleo. Mas nós, ainda, temos tropas no Afeganistão, na fronteira com o Irão. Por isso, preferimos uma solução diplomática e, é nesse sentido, que vamos continuar a trabalhar. Mas continuamos a manter todas as opções em cima da mesa e já deixei claro que que vamos fazer tudo para evitar que Teerão desenvolva armas nucleares e provoque uma corrida ao nuclear numa região volátil” afirma Obama.

Segundo Barack Obama, o Estado hebraico ainda não decidiu se vai ou não atacar as instalações nucleares iranianas.

O presidente norte-americano, adianta, estar a trabalhar de perto com o governo israelita para ultrapassar esta crise.