Última hora

Última hora

Continua o massacre na Síria

Em leitura:

Continua o massacre na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 21 pessoas terão morrido, esta terça-feira na Síria. A maioria na cidade de Homs, que continua a ser bombardeada pelas forças militares. Há também cinco mortos em confrontos em Zabadani, perto da capital Damasco e da fronteira com o Líbano. Segundo a Unicef 400 crianças morreram desde o início da violência no país.

Em Homs ouvem-se disparos desde o início da manhã, um dia depois da morte de quase uma centena de civis, a denuncia é feita pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

O hospital Al Maidani, o único da zona, foi um dos alvos dos bombardeios, o número de vítimas é indeterminado.

A violência continua no dia em que o Ministro dos Negócios estrangeiros russo visita a capital síria. Enquanto a Russia garante querer pressionar o Presidente sírio para pôr fim à violência, o executivo local garante que não vai terminar as “operações” na cidade de Homs contra aquilo a que chama de “grupos terroristas”.

Entretanto os Estados Unidos encerraram a sua embaixada no país e a União Europeia prepara novas sanções contra a Síria.