Última hora

Última hora

Japão determinado a negociar acordo de ilhas disputadas com a Rússia

Em leitura:

Japão determinado a negociar acordo de ilhas disputadas com a Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Como todos os anos na mesma data, ativistas japoneses manifestaram-se em Tóquio para exigir a soberania sobre as ilhas dos “Territórios do Norte”, ocupadas pela Rússia.

O protesto decorreu à margem das celebrações do “Dia dos Territórios do Norte”, durante as quais o primeiro-ministro Yoshihiko Noda sublinhou a importância de resolver o contencioso.

Noda disse que “o ambiente estratégico na região da Ásia-Pacífico está a mudar e as relações entre o Japão e a Rússia ganham um novo significado”. O chefe de governo afirmou ainda estar “determinado a negociar persistentemente com a Rússia para obter um acordo”.

As quatro ilhas – chamadas Curilas pelos russos – foram ocupadas pelas forças soviéticas no fim da Segunda Guerra Mundial.

O diretor de Estudos Asiáticos da Universidade Temple de Tóquio explica que “as possibilidades do Japão contribuir para a modernização e desenvolvimento do Extremo-Oriente e da Rússia são enormes. A Rússia e as companhias japonesas ganhariam bastante [com um acordo]. Seria benéfico para todos”.

O governo japonês espera que as eleições presidenciais russas criem o clima propício a um acordo sobre as ilhas. A disputa impede os dois países de assinarem, nomeadamente, um tratado formal pondo fim à Segunda Guerra Mundial.