Última hora

Última hora

Maldivas: presidente diz ter sido deposto por golpe de Estado

Em leitura:

Maldivas: presidente diz ter sido deposto por golpe de Estado

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de apoiantes do presidente deposto das Maldivas saíram à rua na capital para denunciar ao lado de Mohamed Nasheed um golpe de Estado.

A manifestação foi marcada por alguns confrontos com as forças da ordem, que tentaram dispersar a multidão.

Nasheed demitiu-se ontem depois de um motim da polícia e de semanas de protestos de opositores.

Hoje, explicou ter sido “forçado a demitir-se com uma arma apontada” da parte de polícias e oficiais do Exército que disseram que se ele “não abandonasse o cargo, não hesitariam em disparar”.

No poder desde 2008, o chefe de Estado demissionário era o primeiro presidente democraticamente eleito do arquipélago turístico do Oceano Índico.

Nasheed disse suspeitar do envolvimento do vice-presidente Mohamed Waheed no golpe de Estado e pediu a sua demissão.

Waheed assumiu ontem a presidência e disse querer formar um governo de “unidade nacional”, desmentindo uma conspiração orquestrada pela oposição e pelas forças de segurança.