Última hora

Última hora

"Autocarro do Frio" para ajudar "sem-abrigo" de Berlim

Em leitura:

"Autocarro do Frio" para ajudar "sem-abrigo" de Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Berlim é uma das capitais europeias onde a vaga de frio se faz sentir com particular intensidade e os “sem-abrigo” da metrópole alemã são os mais vulneráveis.

Para os ajudar, a Missão da Cidade de Berlim, uma organização da Igreja Protestante, criou o “Autocarro do Frio”.

O padre Wolfgang Gerhard – condutor de uma das duas viaturas de serviço – explica que o que motivou a sua criação foi “o facto de que alguém pode morrer na rua, sem que ninguém chame sequer uma ambulância”.

A principal função do “Autocarro do Frio” – lançado em 1994 – é ajudar os “sem-abrigo” de Berlim a chegarem aos refúgios da cidade, oferecendo ainda alimentos quentes e aconselhamento.

Num dos abrigos da capital, uma mulher explica que tem “medo, de dia e de noite. Quem não tem casa e dorme no banco de um parque, acaba por beber para tentar sobreviver ao frio. E quando finalmente se acorda na manhã seguinte, depois de duas ou três horas de sono, só nesse momento é que se sabe que se conseguiu sobreviver a mais uma noite”.

O número oficial de “sem-abrigo” na capital alemã é de seis mil pessoas, mas a Missão da Cidade de Berlim diz que o valor real é bastante mais elevado.