Última hora

Última hora

Austeridade de Atenas não convence(ainda) Eurogrupo

Em leitura:

Austeridade de Atenas não convence(ainda) Eurogrupo

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia vai ter de esperar, pelo menos até à próxima quarta-feira, pela luz verde de Bruxelas a um segundo plano de resgate.

Reunidos ontem, os ministros das finanças da zona Euro não chegaram a um acordo para desbloquear o novo empréstimo de 130 mil milhões de euros.

As novas medidas de austeridade anunciadas por Atenas, orçadas em 3,3 mil milhões de euros, não bastam para o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker:

“Não haverá mais dinheiro antes da implementação das reformas exigidas pela ‘troika’, pois não podemos viver com um sistema onde se fazem promessas e mais promessas e onde as medidas implementadas são fracas, por isso insistimos numa verdadeira e real implementação destas medidas”.

Os ministros das Finanças decidiram dar à Grécia até à próxima quarta-feira, data de uma nova reunião do Eurogrupo, para que o país possa aprovar o plano de austeridade no parlamento (no domingo) e implementar 325 milhões de euros de cortes adicionais.

O FMI, por seu lado, exige garantias de que o partido vencedor das próximas eleições, em Abril, vai cumprir à risca as medidas acordadas.

A Comissão Europeia deverá apresentar, nos próximos dias, novas medidas para reforçar o controlo sobre as contas públicas gregas.