Última hora

Última hora

Conflito sírio chega a Alepo

Em leitura:

Conflito sírio chega a Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Os confrontos na Síria chegaram à cidade de Alepo, no norte do país. Várias explosões mataram pelo menos 25 pessoas.

As vítimas incluem militares e civis. Houve pelo menos três explosões e as testemunhas dizem ter também ouvido tiroteio.

O líder rebelde Riad al-Asad reivindicou o ataque contra as instalações militares, mas diz que as explosões foram causadas pelo exército sírio, já depois da retirada dos rebeldes.

Até agora, Alepo, principal cidade comercial da Síria, tem sido relativamente poupada ao conflito entre os rebeldes e as forças leais ao presidente Bashar el-Assad.

O levantamento popular, que degenerou em conflito armado, dura há já 11 meses.

Em Homs, principal bastião dos rebeldes, os tanques do exército tomaram de assalto um bairro da cidade.

Segundo as testemunhas, os tanques entraram pela madrugada no bairro de Inchaat e continuam a ocupar Baba Amr, outra parte da cidade, que está a sofrer bombardeamentos desde sábado.

Os soldados terão feito buscas casa a casa. Esta ofensiva fez um número ainda não identificado de vítimas. Segundo o ativista Danny Abdulayem, que recolheu as imagens divulgadas pela euronews, haverá mais de 100 mortos.