Última hora

Última hora

Combustível começa a ser removido um mês depois do naufrágio do Costa Concordia

Em leitura:

Combustível começa a ser removido um mês depois do naufrágio do Costa Concordia

Tamanho do texto Aa Aa

Começaram este domingo as operações de remoção de combustível do Costa Concordia, um mês depois do navio de cruzeiro italiano ter naufragado ao largo da ilha de Giglio, na Toscânia.

Especialistas da empresa holandesa Smit, em parceria com a italiana Neri, vão proceder à aspiração de cerca de 2400 toneladas de combustível que ameaçam o frágil ecossistema da ilha italiana.

Um perito holandês explica que “as previsões meteorológicas apontam para pelo menos quatro ou cinco dias de bom tempo, por isso as operações vão continuar 24 horas por dia e tudo parece bem encaminhado”.

A remoção do combustível dos 15 reservatórios deverá necessitar de 28 dias. A fase seguinte, de desmantelamento da carcaça do navio demorará sete a dez meses.

O naufrágio, a 13 de Janeiro, provocou a morte de 32 dos 4229 ocupantes do navio de cruzeiro.