Última hora

Última hora

Israel responsabiliza Teerão e o Hezbollah

Em leitura:

Israel responsabiliza Teerão e o Hezbollah

Tamanho do texto Aa Aa

O Estado hebraico acusa o Irão e o Hezbollah pelos ataques contra diplomatas israelitas na Índia e na Geórgia.

Esta segunda-feira, um carro-bomba explodiu junto à embaixada israelita em Nova Deli, ferindo, quatro pessoas. O atentado ocorreu numa zona, supostamente, segura perto da residência oficial do primeiro-ministro indiano.

Em Tbilissi, a polícia conseguiu desarmadilhar um engenho que visava o carro de um diplomata do Estado hebraico.

As ações ainda não foram reivindicadas, mas o líder do executivo israelita garante não ter dúvidas sobre a autoria dos ataques.

O chefe de governo diz que Irão está na origem dos atentados, um país que acusa de propagar o terrorismo. Benjamin Netanyahu adianta, que o executivo e as forças de segurança israelitas vão continuar a trabalhar para pôr fim aos atos de terrorismo.

Os ataques ocorrem numa altura em que o Hezbollah assinala mais um aniversário sobre a morte do número dois do grupo radical xiita libanês.

Os islamitas responsabilizam o Estado hebraico pela morte Imad Mughniyah, assassinado há quatro anos em Damasco.