Última hora

Última hora

Obama: "Os ricos que paguem a crise"

Em leitura:

Obama: "Os ricos que paguem a crise"

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente americano Barack Obama quer que sejam os mais ricos a pagar a fatura pela crise económica, ao apresentar um projeto de orçamento que aumenta para os 30% o imposto de quem tem rendimentos de mais de um milhão de dólares por ano.

No discurso que teve laivos de pré-campanha, em ano de eleições, Obama falou também da criação de emprego: “As fábricas norte-americanas estão a criar emprego pela primeira vez desde os anos 90, a economia está a crescer com mais força, a recuperação acelera e a última coisa que podemos agora fazer é voltar às políticas que nos colocaram nesta situação”.

O emprego tem sido o maior grão na engrenagem da economia americana, com a crise a fazer subir as taxas de desemprego, números que só agora começaram a melhorar.

Obama prevê gastar 350 mil milhões de dólares para melhorar as perspetivas de emprego a curto prazo, ao investir nas infraestruturas. Mas setores como a saúde sofrem um golpe.

Este orçamento, que prevê um défice de 5,5% do PIB, vai ter que passar pelo Congresso e deve contar com a oposição da maioria republicana. A batalha, para Obama, está longe de estar ganha.