Última hora

Última hora

Paquistão: primeiro-ministro no banco dos réus

Em leitura:

Paquistão: primeiro-ministro no banco dos réus

Tamanho do texto Aa Aa

O supremo tribunal do Paquistão acusou formalmente o primeiro-ministro, Yusuf Raza Gilani, de ultraje ao tribunal.

O chefe do governo arrisca seis meses de prisão e se for considerado culpado terá que demitir-se.

Há dois anos que os magistrados pedem ao governo que colabore com a justiça para apurar os desvios de fundos de que está acusado o presidente Asif Ali Zardari, mas o primeiro-ministro tem recusado.

Raza Gilani fala de um processo político contra o presidente e invoca a imunidade presidencial, um argumento rejeitado pelo Supremo Tribunal.

O presidente Asif Ali Zardari é suspeito de ter desviado fundos públicos para a Suiça nos anos 90. A justiça paquistanesa quer que o governo solicite a colaboração das autoridades suíças para prosseguir a investigação.