Última hora

Última hora

Acesso bloqueado para os iranianos

Em leitura:

Acesso bloqueado para os iranianos

Tamanho do texto Aa Aa

Ao longo de todo o fim de semana, milhões de iranianos deixaram de poder aceder às contas de e-mail e às redes sociais. O tráfego na Internet tem regressado progressivamente à normalidade, sem que nenhuma explicação oficial tenha sido fornecida.

A oposição iraniana tem a sua versão do sucedido: um ano depois de Mir-Hossein Moussavi e Mehdi Karroubi terem sido condenados a prisão domiciliária, o governo de Mahmoud Ahmadinejad estará a censurar a troca de informações, através da Net, entre ativistas.

Há precisamente um ano,os líderes da oposição, Moussavi e Mehdi, foram detidos na sequência dos imensos protestos contra o presidente do Irão e a favor das revoluções árabes.

A duas semanas de eleições parlamentares, os movimentos contestatários tinham convocado para esta terça-feira novas manifestações em Teerão, e este seletivo apagão informático tem sido visto como uma medida de dissuasão.