Última hora

Última hora

Atenienses prestam homenagem ao cinema Atikon

Em leitura:

Atenienses prestam homenagem ao cinema Atikon

Tamanho do texto Aa Aa

Numa noite de fúria e em protesto pelas pesadas medidas de austeridade impostas pelo governo, alguns atenienses deitaram fogo a vários edifícios da capital grega, entre eles o emblemático cinema Atikon.

Na segunda-feira à noite centenas de pessoas reuniram-se para uma vigilia de homenagem a este local de memórias coletivas:

“Este é um local que contribuiu para um conjunto infinito de emoções, sonhos e esperanças de várias gerações de atenienses. E, subitamente numa noite de estupidez, ou talvez não, a violência impôs-se. Como é que não havemos de lamentar?”

“Para mim, posso dizer que é uma memória pessoal, desde o primeiro encontro com a minha mulher. Sentimos que não é apenas um edifício que foi queimado, é a memória também e parte da identidade que desapareceu”.

O edifício foi construído em 1870 e tornou-se sala de cinema em 1916. Resistiu à Segunda Guerra Mundial, mas não à revolta dos gregos contra a austeridade e a uma situação económica que reduziu já um terço da população à pobreza.