Última hora

Última hora

Sérvios do Kosovo referendam reconhecimento das instituições albanesas

Em leitura:

Sérvios do Kosovo referendam reconhecimento das instituições albanesas

Tamanho do texto Aa Aa

Os sérvios do Kosovo preparam-se para decidir se reconhecem ou não as instituições lideradas por albaneses.

O referendo está agendado para esta terça e quarta-feira e vai decorrer em quatro municípios do norte da região que autoproclamou a independência da Sérvia em 2008.

35 mil eleitores são chamados a responder “sim” ou “não” à questão: “Aceita as instituições da dita República do Kosovo instalada em Pristina?”

O edil da parte sérvia de Mitrovica, Krstimir Pantic, diz estar à espera “de uma grande participação dos cidadãos porque a questão do referendo é muito importante. Esperamos que os nossos cidadãos demonstrem responsabilidade e enviem uma mensagem clara aos albaneses do Kosovo e à comunidade internacional que os apoia e também para mostrar a alguns políticos de Belgrado que não apoiam as instituições albanesas e que nunca aceitarão viver num Kosovo independente.”

Para os albano-kosovares, mesmo com uma vitória do “não” o Kosovo nunca mais voltará a ser dividido.

O economista de etnia albanesa, Ramdan Ferizi, afirma que “os sérvios organizaram muitos referendos no passado, mas nenhum deles funcionou. O nosso governo disse que não haverá divisões e tem uma estratégia para lidar com a situação. Não haverá divisões, os sérvios só podem atrasar o inevitável. Esta região sempre fez parte do Kosovo e vai permanecer dessa maneira.”

O principal opositor à organização do referendo é o executivo sérvio. Belgrado já fez saber que considera o voto como uma perda de energia, na medida em que não vai melhorar a situação na região.