Última hora

Em leitura:

Sérvios do Kosovo votam sobre o governo independente da região 


Kosovo

Sérvios do Kosovo votam sobre o governo independente da região 

Pela primeira vez desde a declaração unilateral de independência do Kosovo, os cidadãos de etnia sérvia são chamados a pronunciar-se sobre se reconhecem ou não o governo kosovar.
 
O referendo dura dois dias e concentra-se em quatro municipalidades da parte norte desta autoproclamada república de maioria albanesa.
 
Um dos eleitores da comunidade sérvia explicou porque é que este escrutínio é polémico, afirmando que pretende ser governado por Belgrado e que “as únicas instituições” que podem liderar esta região são mesmo as da Sérvia.
 
Foi precisamente a posição contrária a que foi assumida há quatro anos, quando os habitantes de etnia albanesa, 90 por cento da população, declararam a independência do Kosovo.
 
Um porta-voz de Belgrado diz que este referendo “não pode reforçar a posição sérvia no que concerne às áreas mais técnicas. Essa posição é reforçada através da Constituição e leis sérvias que servem de coordenadas para negociar nos referidos setores. Quando esse diálogo terminar, então as questões políticas poderão ser discutidas e, mesmo aí, um referendo não terá impacto em termos de estatuto.”
 
Do entendimento com o Kosovo dependem, em grande parte, outras negociações: as de uma eventual adesão à União Europeia.
 
 
 
 
 

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Polícias do Rio de Janeiro suspendem a greve a tempo do Carnaval