Última hora

Última hora

Bahrein: apelos a novas manifestações

Em leitura:

Bahrein: apelos a novas manifestações

Tamanho do texto Aa Aa

A revolta no Bahrein ganha um novo fôlego.

A Juventude 14 de fevereiro que tem liderado o movimento de contestação apelou, esta quarta-feira, a novas manifestações em todo o país.

O repto é lançado um dia depois do primeiro aniversário da revolta xiita contra o poder sunita marcado por confrontos entre manifestantes e a polícia.

O presidente da Associação da Juventude para os Direitos Humanos, Mohammed al-Maskati, descreve o ambiente que se vive no país desde o início da semana:

“Vi elementos das forças de segurança a atirar manifestantes de edifícios. Várias pessoas ficaram feridas nos últimos dias. Tentámos levá-las para os hospitais públicos, mas não conseguimos porque têm medo de ser presas. Por isso, muitos dos feridos estão a ser tratados nas próprias casas.”

Dezenas de manifestantes foram detidos e muitos acabaram por ser deportados.

Dezenas de veículos blindados e militares foram, entretanto, mobilizados na tentativa de conter uma nova vaga de protestos contra a monarquia sunita.