Última hora

Em leitura:

Israel acusa Irão por explosões em Banguecoque


Tailândia

Israel acusa Irão por explosões em Banguecoque

Israel não hesita em apontar o dedo ao Irão pela série de explosões que abalou esta terça-feira Banguecoque.

As autoridades tailandesas estão à procura de um suspeito, depois de terem efetuado uma detenção no principal aeroporto da capital. A única vítima é um dos supostos bombistas, um homem alegadamente iraniano, que perdeu uma perna numa das três deflagrações.

As explosões ocorreram um dia depois de funcionários das embaixadas israelitas na Índia e na Geórgia terem sido visados por engenhos explosivos.

Israel acusou o Irão e o aliado libanês Hezbollah. O vice-primeiro-ministro israelita, Silvan Shalom, disse que “o Irão está a tentar, há bastante tempo, atacar alvos locais israelitas e judaicos por todo o Mundo. Sabemos que o Irão e os seus colaboradores estão por trás deste ataque”.

O Irão negou qualquer envolvimento, tanto nas explosões de Banguecoque, como no ataque em Nova Deli e no atentado falhado em Tbilissi, na segunda-feira.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Vice-presidente chinês reúne-se com Barack Obama na sala oval