Última hora

Última hora

Pequim e Washington procuram dissipar tensão

Em leitura:

Pequim e Washington procuram dissipar tensão

Tamanho do texto Aa Aa

Aumento dos custos e violação da propriedade intelectual são duas das principais dificuldades das empresas americanas na China.

Pelo menos é o que revela o estudo anual encomendado pela Câmara do Comércio norte-americana em Xangai, divulgado após o encontro entre os vice-presidentes dos dois países.

No final da reunião, Xi Jinping garantiu que China e Estados Unidos chegaram a um acordo para reforçar a confiança mútua e o entendimento para que as duas potências saíam a ganhar.

Segundo o vice-presidente norte-americano, Pequim comprometeu-se a reequilibrar a economia e vai avançar, ainda este ano, com reformas para aumentar as importações e o consumo.

O número dois chinês chegou, esta segunda-feira, aos Estados Unidos para uma visita de uma semana.

Ontem, esteve reunido com o presidente norte-americano. O cumprimento das regras da Organização Mundial do Comércio e a promoção dos direitos humanos foram duas das questões em cima da mesa.