Última hora

Última hora

Honduras: Confirmadas 355 vítimas

Em leitura:

Honduras: Confirmadas 355 vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

Oficiais das Honduras identificaram os cadáveres de 355 pessoas mortas no incêndio deflagrado na prisão de Comayagua, a 90 quilómetros da capital, Tegucigalpa.
 
Com 856 presos, o estabelecimento penal tinha o dobro da capacidade permitida.
 
As autoridades creem que o incêndio foi provocado por um preso que ateou fogo ao colchão, mas
também está a ser investigado um eventual curto-circuito.
 
Alguns sobreviventes denunciaram que os guardas se negaram a abrir os calabouços depois do início do incêndio.
 
“Perdemos a família neste presídio porque tenho aqui o meu filho Jose Leonardo que foi encontrado
queimado. Não se podia sair das celas porque as portas estavam fechadas”, lamentou uma mãe em desespero.
 
O Presidente Porfirio Lobo, numa mensagem ao país, prometeu empreender uma investigação com “total transparência” para determinar “ as causas da tragédia que classificou de “inaceitável”.