Última hora

Última hora

Grécia: Merkel, Monti e Papademos confiantes no "sim" do Eurogrupo

Em leitura:

Grécia: Merkel, Monti e Papademos confiantes no "sim" do Eurogrupo

Tamanho do texto Aa Aa

Em Atenas os protestos contra as medidas de austeridade continuam enquanto o país espera a decisão do Eurogrupo.

Angela Merkel, Mario Monti e Lucas Papademos,
mostraram-se confiantes num acordo para um segundo empréstimo à Grécia.

Os três chefes de governo tiveram hoje uma conversa telefónica sobre a reunião de segunda-feira depois de Merkel ter sido forçada a cancelar a prevista visita a Roma devido à demissão do presidente alemão, Christian Wullf.

Os ministros da Economia dos países da zona euro podem aprovar na segunda-feira um segundo empréstimo à Grécia, no valor de 130.000 milhões de euros, embora o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, tenha dito que será necessário definir a supervisão das medidas de ajustamento e das reformas acordadas.

Entretanto, esta manhã 68 peças em cerâmica e em bronze foram roubadas de um dos museus de Olímpia, berço dos Jogos Olímpicos, por dois homens que aí se introduziram.

Uma fonte governamental informou que o ministro da Cultura, Pavlos Geroulanos, apresentou a demissão.