Última hora

Última hora

Itália: Governo tensiona cobrar imposto à Igreja

Em leitura:

Itália: Governo tensiona cobrar imposto à Igreja

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo italiano anunciou num comunicado a intenção de apresentar ao Parlamento uma emenda que clarifica a isenção do imposto predial, conhecido como ICI, às entidades não comerciais ente as quais está a Igreja.
 
O Estado poderia vir a receber à volta de dois mil milhões de euros de impostos sobre os cerca de 100 mil imóveis da Igreja.
 
“A Itália é um país maioritariamente católico. Os cristãos pagam os seus impostos, mas até agora a Igreja não. É justo que a Igreja também pague pelas pelas suas atividades comerciais”, disse o líder do PS italiano.
 
No caso de no mesmo imóvel se exercer o culto e uma atividade comercial, o imposto abrangerá apenas a fração destinada à zona comercial.
 
“Se o Governo estabeleceu regras gerais que sejam válidas para todas as organizações não lucrativas, e não apenas para punir a Igreja, então votaremos a favor”, esclareceu o líder do Partido da Liberdade.
 
Entre 20 e 30 por cento do património imobiliário italiano estará eventualmente nas mãos da Igreja.
 
O ICI é um dos impostos mais criticados pelos italianos.
Em 2008 foi abolido por Berlusconi para a residência principal, mas Mario Monti recuperou-o quando assumiu o poder.