Última hora

Última hora

PGR alemã pede levantamento de imunidade do chefe de Estado

Em leitura:

PGR alemã pede levantamento de imunidade do chefe de Estado

Tamanho do texto Aa Aa

O futuro de Christian Wulff enquanto chefe de Estado da Alemanha pode ter os dias contados. Os apelos à demissão sucedem-se e a Procuradoria-Geral da República pediu ao Parlamento alemão o levantamento da imunidade de Wulff.

Em causa estão suspeitas de realização de negócios e receção de ofertas incompatíveis com o exercício do anterior cargo no Governo da Baixa Saxónia, entre 2003 e 2010.

Ao que tudo indica, o político da CDU de Angela Merkel terá contraído pelo menos um empréstimo milionário junto de um importante empresário local, usufruindo de férias pagas com outras figuras do meio financeiro.

As autoridades consideram haver matéria de investigação suficiente. Um fato que pode comprometer o chefe de Estado alemão.

Os casos têm sido revelados desde dezembro do ano passado pela imprensa alemã, que fala também em tentativas de pressão sobre jornalistas e editores.

Más notícias para a chanceler alemã, que expressou o apoio a Wulff.

Os sociais-democratas do SPD instaram os restantes partidos da oposição a apoiar o levantamento da imunidade.