Última hora

Última hora

Presidente alemão demite-se por suspeitas de corrupção

Em leitura:

Presidente alemão demite-se por suspeitas de corrupção

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de muita pressão, o presidente alemão, Christian Wulff, abandona o cargo.

O Ministério Público de Hannover pediu, ontem, o levantamento da imunidade devido a suspeitas de prevaricações, o anúncio da sua demissão, foi feito no castelo de Bellevue em Berlim.

“Os desenvolvimentos dos últimos dias e semanas mostraram que a confiança e a minha manobra de acção são extremamente limitadas”.

Recorde-se que o presidente alemão enfrenta acusações de negócios ilícitos, corrupção e tráfico de influência.

Face à crise presidencial, a chanceler Angela Merkel interveio imediatamente, depois de ter anulado a deslocação prevista para hoje a Roma.

“Vamos conduzir juntos as negociações para encontramos uma proposta comum de um candidato para a próxima eleição do presidente da Republica Federal da Alemanha”.

A Procuradoria considera existirem “indícios suficientes” para acusar o Presidente de suborno e tráfico de influências.

Em 2007 um empresário do mundo do cinema terá financiado férias a Christian Wulff numa ilha do Mar do Norte.