Última hora

Última hora

Berlinale: Irmãos Taviani conquistam Urso de Ouro de Melhor Filme

Em leitura:

Berlinale: Irmãos Taviani conquistam Urso de Ouro de Melhor Filme

Tamanho do texto Aa Aa

A 62.ª edição do Festival de Cinema de Berlim terminou da melhor forma para os irmãos italianos Paolo e Vittorio Taviani.

A dupla de octogenários levou para casa o Urso de Ouro com “Cesare deve morire”, a maior distinção alcançada pelos veteranos desde que receberam a Palma de Ouro em Cannes há 35 anos.

O drama, filmado a preto e branco, era tido como um dos grandes favoritos e não desapontou na hora da vitória.

No ecrã, um grupo de reclusos de uma cadeia romana decide fazer uma encenação amadora da famosa peça “Júlio César”, de William Shakespeare.

“Cesare deve morire” também venceu o Prémio do Júri Ecuménico.

O Grande Prémio do Júri foi atribuído a “Just The Wind”, de Bence Fliegauf.

“Tabú”, do português Miguel Gomes, venceu o prémio da crítica e o Prémio Alfred Bauer, atribuído aos filmes que mais contribuíram para a inovação no cinema.

“Rafa”, de João Salaviza, venceu o Urso de Ouro de Melhor Curta-Metragem.