Última hora

Última hora

Medvedev reúne-se com oposição criticada por Putin

Em leitura:

Medvedev reúne-se com oposição criticada por Putin

Tamanho do texto Aa Aa

Dmitry Medvedev quer promover as adiadas reformas políticas na Rússia a semanas de abandonar o cargo.
 
O presidente cessante reuniu-se esta segunda-feira com os líderes da oposição impedidos de concorrer às eleições de 4 de março, para regressar ao mote da sua candidatura há quatro anos.
 
Um gesto não só inédito, mas também em contradição com o seu antecessor e sucessor, Vladimir Putin, que voltou a acusar os seus detratores de manifestarem-se a soldo de potências estrangeiras.
 
Para Vladimir Ryjkov, “o resultado global da reunião é que ele está pronto e quer implementar pequenas reformas antes de sair do Kremlin. Mas relativamente a reformas maiores e complexas, ele não pode, não quer ou não está pronto para levá-las a cabo”.
 
O gesto de abertura de Medvedev coincide com a decisão das autoridades de Moscovo de não autorizar uma nova manifestação anti-Putin agendada para domingo.
 
Para Serguei Udaltsov, “Medvedev discutiu ideias interessantes mas que não está pronto a implementar – são demasiado radicais e é demasiado tarde. Eu não concordo com ele mas pelo menos podemos confrontar posições. As eleições serão inevitavelmente dia 4 e nós estamos dispostos a sair às ruas um dia depois para contestar os resultados”.