Última hora

Última hora

Prémios Goya

Em leitura:

Prémios Goya

Tamanho do texto Aa Aa

Decorreu a noite a passada no Teatro Real de Madrid a gala da XXXVI edição dos Prémios Goya.

“No habra paz para los malvados”, realizado por Enrique Urbizu foi contemplado com o prémio para o melhor filme.

A mesma película também valeu a Urbizu o prémio para o melhor realizador e a José Coronado o galardão para o melhor ator.

Elena Anaya foi contemplada com o prémio para a melhor atriz pelo seu desempenho no filme “La piel que habito” de Pedro Almodovar.

“The Artist” de Michel Hazanavicius recebeu o prémio para o melhor filme europeu.

O grupo Anonymous tentou utilizar a gala para protestar contra a Lei Sinde, com três elementos a tentarem subir ao palco, enquanto era bloqueada, ao mesmo tempo a página eletrónica da Academia de Cinema.

Elementos da organização qualificaram os problemas como técnicos, mas membros do grupo Anonymous falaram de ataque.