Última hora

Última hora

Água e comida enlatada na Berlinale

Em leitura:

Água e comida enlatada na Berlinale

Tamanho do texto Aa Aa

“Última chamada para o Oásis” é um documentário de Jessica Yu, apresentado na Berlinale, sobre a água e a crise de escassez que vamos enfrentar ao longo deste século. A produção coube a Erin Brokovich, cuja vida já motivou um famoso filme. Mas, desta vez, a mulher que se tornou numa ativista ambiental, defende o essencial recurso que é a água, “que muitos tomam como um bem garantido, não tendo a noção de que, um dia, pode tornar-se num luxo, como o petróleo.” Segundo Brokovich, “chegou a hora de dar a importância devida à água. E este filme faz isso mesmo.”

“Última chamada para o Oásis” explora os defeitos dos atuais sistemas de distribuição, abordando as consequências que a carência provoca sobre várias comunidades. Finalmente, propõe algumas soluções.

O documentário foi apresentado no âmbito do programa “Cinema Culinário”, no Festival de Berlim, assim como o filme finlandês “Sonhos Enlatados”, que integra estórias sobre o processamento da comida em lata. No caso, seguimos o percurso de uma lata de ravioli, ouvimos os trabalhadores que a produziram e acompanhamos o seu trajeto ao longo da Europa até ao destino final.

A realizadora Katja Gauriloff realça que “este é um mundo caótico, na produção e globalização da comida. O objetivo foi gerar um debate sobre as necessidades reais dos consumidores, quando se dirigem a um supermercado, os alimentos que acabam por comprar e os alimentos que apreciam realmente.”