Última hora

Última hora

Grécia: Comissão Europeia saúda acordo

Em leitura:

Grécia: Comissão Europeia saúda acordo

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia saudou o acordo sobre o segundo programa de ajuda à Grécia alcançado hoje de madrugada em Bruxelas.

Na conferência de imprensa no final da longa reunião do Eurogrupo o comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, ainda teve tempo para gracejar.

“Nos últimos dois anos e mais uma vez esta noite fiquei a saber que “maratona” é de verdade uma palavra grega. Mas no fim conseguiu-se um acordo”, disse.

Christine Lagarde, a diretora do FMI, declarou que o acordo permitirá Grécia restaurar a sua competitividade e melhorar a sustentabilidade da dívida.

“Começamos o dia de hoje com um rácio da dívida de 120,5 por cento do PIB. Isso significa que durante a noite foi feito um progresso significativo que coloca a Grécia numa melhor situação para levar a cabo o ambicioso programa negociado ao longo das últimas semanas”, sublinhou.

Lukas Papademos, o Primeiro-Ministro grego, não escondeu também a sua satisfação com a obtenção do acordo.

“Estamos muito satisfeitos, com o desfecho tanto no que concerne ao programa como à Iniciativa do Setor Privado, que abre caminho para os próximos passos que tornarão possível o apoio financeiro oficial à Grécia”, referiu no final da reunião.

A solidariedade sem precedentes dos parceiros da zona euro, terá de ser correspondida com o total empenhamento da Grécia na implementação do programa de ajustamento que será acompanhado
com o reforço da monitorização das medidas negociadas com a “troika”.

“As negociações até ao último centavo decorreram durante toda a noite. Agora falta saber se o acordo será bem aceite nas ruas de Atenas”, lembra Marguerita Sforza, da Euronews, em Bruxelas.