Última hora

Última hora

Irão ameaça lançar ataques preventivos em caso de ameaça

Em leitura:

Irão ameaça lançar ataques preventivos em caso de ameaça

Tamanho do texto Aa Aa

Exercícios de defesa antiaérea, manobras militares ao largo do Golfo Pérsico, anúncio de novos progressos no nuclear e um contra-embargo petrolífero à União Europeia.

O Irão multiplica nos últimos dias as respostas à pressão crescente da comunidade internacional sobre o seu programa nuclear.

Os dois navios enviados nos últimos dias à Síria, deram meia volta e regressam agora ao país através do canal do Suez.

Mas o número dois das forças armadas iranianas anunciou hoje que o país está disposto a lançar ataques preventivos em caso de ameaça grave.

Declarações que coincidem com a visita dos inspetores da agência internacional de energia atómica a Teerão.

Uma visita que para o porta-voz do governo iraniano, “não tem por objetivo inspecionar as centrais nucleares do país, mas apenas discutir sobre formas de colaboração entre o país e a Agência internacional”, antes do reinício das negociações entre o Irão, os membros do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha, suspensas há mais de um ano.

Mas o petróleo é até agora a única arma utilizada pelo governo iraniano. Depois de ter anunciado um contra embargo à União Europeia, o país iniciou manobras militares junto à costa sul do país, no Golfo Pérsico. Um gesto que ameaça prosseguir a subida dos preços do petróleo no continente.