Última hora

Última hora

Síria: Liga Árabe evoca mudança de posição da China e Rússia

Em leitura:

Síria: Liga Árabe evoca mudança de posição da China e Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

A poucos dias de uma reunião de países árabes e ocidentais centrada na situação na Síria, o secretário-geral da Liga Árabe diz que a Rússia e a China poderão estar a repensar as respetivas posições.

Numa conferência de imprensa no Cairo, Nabil El-Araby afirmou que a reunião de sexta-feira na Tunísia “vai incluir um grande número de países e o objetivo é aumentar a pressão sobre a Síria. Existem indicações de que a China, em particular, e em certo grau também a Rússia, poderão eventualmente mudar de posição”.

No entanto, a Rússia e a China – juntamente com o Irão – voltaram a sublinhar esta segunda-feira o apoio ao presidente sírio.

O regime de Bashar Al-Assad continua a bombardear intensivamente Homs, apesar do Comité Internacional da Cruz Vermelha ter dito estar a tentar negociar um cessar-fogo para poder levar ajuda humanitária à população civil, apelando à evacuação de mulheres e crianças da cidade rebelde.