Última hora

Última hora

Afeganistão: Protestos alastram a todo o país

Em leitura:

Afeganistão: Protestos alastram a todo o país

Tamanho do texto Aa Aa

No Afeganistão assiste-se ao segundo dia de manifestações violentas contra a presença norte-americana no país. As manifestações alastraram a todo o território.

Em Cabul pelo menos uma pessoa morreu e 21 outras sofreram ferimentos durante protestos antiamericanos contra a queima de exemplares do Corão na base aérea da NATO em Bagram.

“Morte aos palhaços americanos e aos agentes que os trouxeram para este país. Eles estão a insultar este país sagrado e os eu povo. São uns traidores. Morte à América”, gritava um ancião de 70 anos.

Responsáveis da base reconheceram ontem que soldados se desembaraçaram de modo inconveniente, de um número importante de documentos islâmicos, incluindo o Corão.

“Este foi um incidente profundamente infeliz, que não reflete o grande respeito que os militares têm pelas práticas religiosas do povo afegão. Os líderes militares pediram desculpa por estas ações sem intenção e a ISAF está a coordenar um inquérito para se compreender o que aconteceu”, referiu Jay Carney, porta-voz da Casa Branca.

Vários exemplares do livro sagrado dos muçulmanos com as extremidades parcialmente queimadas, foram salvos da destruição pelo fogo por funcionários afegãos da base.

Foram esses funcionários que terão divulgado o caso.