Última hora

Última hora

Strauss-Kahn passa a noite na prisão

Em leitura:

Strauss-Kahn passa a noite na prisão

Tamanho do texto Aa Aa

Dominique Strauss-Kahn passa a noite nas instalações da polícia francesa para continuar o interrogatório. O ex-director do Fundo Monetário Internacional é suspeito num caso de prostituição e proxenetismo, encontra-se em prisão preventiva, situação que pode durar um máximo de 48 horas.

Até agora oito pessoas, entre empresários e polícias, estão envolvidos no caso Carlton, o nome do hotel que servia de centro de operações à rede de prostituição.

Strauss-Kahn, outrora favorito nas sondagens para a presidência em França viu-se obrigado a deixar a política depois do escândalo sexual em maio passado, em que foi preso em Nova Iorque, sob a acusação de ter agredido sexualmente uma camareira de origem africana do hotel Sofitel.