Última hora

Última hora

Afeganistão: talibãs pedem morte de soldados estrangeiros

Em leitura:

Afeganistão: talibãs pedem morte de soldados estrangeiros

Tamanho do texto Aa Aa

Os talibãs apelaram à morte dos soldados da força internacional no Afeganistão.
 
No comunicado pode ler-se: “para defender o Santo Corão, devem atacar corajosamente as bases militares dos invasores, as colunas militares e matá-los, capturá-los e maltratá-los para lhes dar uma lição…”
 
Um apelo que não contribui para acalmar a tensão.
Há três dias que as manifestações se repetem com violência por todo o país. Já hoje três pessoas foram mortas, o que eleva para 12 o número de vítimas mortais dos protestos. 
 
A revolta começou depois de terem sido queimados exemplares do Corão na base norte-americana de Bagram, 60 quilómetros da norte de Cabul.
 
A ISAF pede desculpa e fala de erro grave. O incidente surge na altura em que está previsto o início das negociações de paz entre os Talibãs e os Estados Unidos.