Última hora

Última hora

Erro de ligação pode ter originado neutrinos mais rápidos do que a luz

Em leitura:

Erro de ligação pode ter originado neutrinos mais rápidos do que a luz

Tamanho do texto Aa Aa

Um erro técnico poderá estar na origem dos resultados da experiência que abalou o mundo científico e desafiou a Teoria da Relatividade de Einstein.

Em Setembro, cientistas do CERN – o Laboratório Europeu de Física de Partículas – anunciaram que um pulso de neutrinos percorreu os 730 quilómetros entre o laboratório de Genebra e as instalações de Gran Sasso, na Itália, 60 nanossegundos mais rápido do que a luz.

A revista norte-americana Science diz agora que “uma má ligação entre um GPS e um computador está sem dúvida na origem do erro”.

A maior parte dos especialistas tinha exprimido sérias dúvidas de que uma partícula elementar da matéria pudesse ultrapassar a velocidade da luz.

A Science afirma, no entanto, que serão necessários novos estudos para confirmar a hipótese avançada.